• Mariana Floria

5 dicas para aproveitar melhor sua sessão de terapia online!




Não é mais novidade que o atendimento online chegou e veio para ficar!

Eu atendo clientes de forma online há muitos anos e sei que o atendimento virtual traz muitos benefícios, como a flexibilidade e facilidade de acesso a um tratamento. Porém, como nem tudo é ouro, sei também que há algumas condições que refletem em uma maior dificuldade. Por isso, preparei uma listinha com estratégias que podem favorecer suas sessões online:

1. Procure um local tranquilo e sem interrupção de terceiros

Garanta que você esteja em um local tranquilo, sem distratores e possível interrupção de terceiros. Para isso, peço que encontre em sua casa ou trabalho um ambiente que se sinta confortável, avise seus familiares, colegas que estará em atendimento e peça para que não o interrompa nesse momento;



2. Diminua o número de distratores

Desative as notificações do celular para que os pop-ups não fiquem aparecendo na tela durante sua chamada. Se estiver ligando pelo computador, não acesse outras páginas na internet, feche outros programas que não estiver usando ou coloque a vídeo chamada em tela cheia.


3. Cheque seu aparelho de vídeo ligação minutos antes da chamada

Teste se seu computador está funcionando, cheque a carga de bateria do seu dispositivo… É melhor não ter surpresas e perder minutos preciosos de sessão!


4. Opte pelo uso de fones-de-ouvido

Além da qualidade de áudio ficar melhor, você também cuida mais do sigilo da conversa.


5. Separe um tempo para organizar as ideias

Pense sobre sua semana, as dificuldades que enfrentou, os acertos que se observou tendo, as reflexões que teve diante das discussões das sessões anteriores. Isso favorece um melhor aproveitamento de tempo do atendimento, além de focar no que realmente importa.


Bônus!!!

Difícil ter privacidade? Algumas ideias para amenizar o problema:

- Ligue a TV ou um rádio no cômodo ao lado: isso minimiza a possibilidade que outras pessoas ouçam o que esteja falando;

- Fique dentro do carro, na porta de casa ou trabalho;

- Converse com seu psicólogo, opte por horários com menos pessoas em casa.


3 visualizações0 comentário

© 2021 por Palombina. Todos os direitos reservados.